Meu emagrecimento – quando eu decidi mudar

Hoje, depois de tanto planejar como falar sobre o meu emagrecimento aqui, finalmente ele saiu.

A história é longa, e envolve não só de fato o meu emagrecimento, mas principalmente a minha busca pela qualidade de vida e saúde. Então, terei que dividir em diversas partes, até porque essa mudança faz parte do meu dia a dia.

Não é fácil, tenho minhas lutas diárias e conflitos comigo mesma, e sei que esses registros servirão de inspirações para as pessoas, mas tenha certeza que para mim também, afinal, eu me tornei a minha principal motivação.

Fui impulsionada a escrever, porque encontrei essa foto nesse último final de semana, e ela me chocou muito, sério. Espero de coração que você consiga chegar até o final do texto, afinal, esse assunto importante para mim.meu emagrecimento - foto 3Essa foto foi tirada em fevereiro de 2015, no dia do meu aniversário, em Campos do Jordão, e páh, quase cai da cadeira. Comparei essa foto de 2005, com a foto que tirei em 15/07/2016, e fiz essa montagem.

meu emagrecimento - foto 4

Fiquei olhando a montagem por longos minutos, e muitos pensamentos vieram, muitos questionamentos e uma retrospectiva de como tudo começou.

Quero dividir com vocês, então vamos por partes.

1º pensamento: por que ninguém me disse que eu estava assim? Mais do que emagrecer, o que eu estava fazendo com a minha saúde?

Peraí, nesses 04 anos, eu já havia tentado emagrecer outras vezes, mas algo muito maior do que eu não permitia. O cansaço, a fadiga e o estresse sempre vencia, e eu acabava amenizando tudo isso na comida. Não tinha prazer e nem buscava prazer em praticar uma atividade. Aliás, trocava facilmente isso por uma oportunidade de dormir. Sim, dormir. Aliás, comer e dormir eram minhas fugas e prazeres momentâneos. Digo momentâneo, porque o que sentia depois não era legal, mas vou falar sobre isso em outro assunto.

Consequentemente, com essa postura eu não tinha muita vontade de sair, mesmo participando de muitos eventos que o próprio blog me proporciona, eu não tinha vontade de ir à todos.

Foto, ah fotos, tenho poucas desse período. Não tinha interesse nas fotos, eu amo tirar fotos, mas eu não tinha vontade de aparecer nelas. Tenho muitas e muitas fotos do meu filho, mas acho que em uns 15% dessas fotos eu apareço. Triste né, eu sei que é, mas naquele momento, naquele passado, de forma involuntária eu tinha essa atitude.

2º pensamento: carambaaaa, eu ainda não cheguei nem no peso e nem no corpo que eu tinha antes da gravidez, mas caracaaaa, que vitória!! Mas como foi que tudo isso começou?

Quando engravidei do Filipe, eu era magra, praticava atividade física por conta própria, minha alimentação era muito boa, estava muito feliz e satisfeita com o meu corpo. Mas tive um gravidez delicada, e com 05 meses de gestação comecei a tomar corticoide toda semana. Meu filhote nasceu prematuro, ficou alguns meses na UTI e muitas complicações das quais já contei aqui, e por isso, tudo o que passamos até quase os 03 anos dele desencadeou o que relatei no primeiro pensamento. Ele era, ainda é e continuará sendo a minha prioridade, mas naquele momento, por opção e por ao meu filho, eu me coloquei de escanteio. Depois eu até tive um folego e podia me dedicar um pouco à mim, mas eu já estava acostumada com os hábitos ruins, e fugia quando o assunto era saúde.

meu emagrecimento - foto 1

Pois bem!

Realmente, ninguém me disse que eu estava assim, nem mesmo o espelho, já que eu fugia um pouco dele. Mas um dia, um belo dia, por causa de uma determinada foto, que não é essa de Campos, eu acordei, eu enxerguei a verdade, eu enxerguei a minha verdade. De maneira nenhuma tenho preconceito com pessoas acima do peso, cada um busca o que quer, e vive da forma que se sente bem, mas aquela não era a minha realidade, eu já não me reconhecia mais, eu já estava me apagando, e acreditando nas palavras de algumas pessoas que diziam “DEPOIS DOS FILHOS VOCÊ NÃO EMAGRECE MAIS”, mas descobri e sou prova viva que isso é uma grande mentira.

Encarei o espelho, encarei a verdade sobre mim, encarei a minha imagem, e me determinei. Eu mesma, sozinha com meus pensamentos, fiz uma analise do meu comportamento. Aceitei encarar minhas atitudes erradas, que eu usava como desculpas para aliviar meu estresse, meu cansaço, e me dispus a mudar, a virar o jogo da minha vida.

Determinada, o início da minha mudança começou depois de 07 meses depois dessa foto em Campos do Jordão, mais especificamente em setembro de 2015. A minha primeira atitude foi buscar uma atividade física que eu realmente gostasse e sentisse prazer. [falarei disso no próximo assunto]

Nos últimos 02 anos já havia passado em nutricionistas, mas não rolava, não dava certo. Então, por um acaso encontrei a Maria Fernanda, e o instragram dela, que tinha um nome muito convidativo para mim @paisemforma, e entre idas e vindas com ela, finalmente me dispus a seguir, e as coisas começaram acontecer.

meu emagrecimento - foto 2

Vou contar mais detalhes sobre as idas e vindas no próximo assunto, mas já adianto que, uma Nutricionista que te acompanha, que te assiste e que está junto com você, faz toda diferença

De setembro para cá foram 09kg, e sinceramente, não sei quanto eu estava pesando nessa foto de Campos do Jordão, mas acho que entre a foto até hoje foram uns 10kg.

Fecho o texto de hoje dizendo que, quero voltar a Campos do Jordão e tirar outra foto nesse mesmo lugar e nessa mesma pose.

Você quer mudar?

Eu juro que te entendo se é o cansaço que te impede, eu juro que te entendo se é o sono que te impede. Isso e mais um pouco foram meus impedimentos nesses anos após a gestação. Então, com base na minha experiência, a sua vontade, a sua força de vontade de querer mudar e querer fazer diferente, mudar seu estilo de vida, qualidade de vida, ter disposição para aguentar a rotina puxada tem que partir de uma atitude sua.

Não espere que as pessoas digam o que você tem que fazer, não espere que as pessoas digam que a sua saúde, bem estar, e disposição valem mais. Você pode até ouvir, mas é raro. Não espere que as pessoas digam que você está acima do peso, elas têm medo de magoar, até eu teria.

Não tem tempo de frequentar uma academia? Eu também não tenho tempo de ir todos os dias, ainda vou entrar nesse assunto, mas não é hoje, mas hoje existem diversas maneiras.

Comece fazendo algo por você, mesmo que seja dentro de casa, pelo menos para dar o start, aliás, já falei sobre isso, é só clicar aqui.

Por fim, como disse, tenho muito assunto para falar sobre o assunto do meu emagrecimento. Quero contar toda minha trajetória até aqui, e continuar compartilhando minha mudança e os benefícios que eu encontrei através dessa atitude.

Se você chegou até o final desse texto, meu muito obrigada, obrigada de coração!

Sempre que possível, compartilho minha rotina nas redes sociais, para me acompanhar, é só clicar nos links abaixo:

Instagram Mamãe Virtual

Facebook Mamãe Virtual

Beijos e que você consiga começar a semana com mudança.

Lívia