Animação nem sempre é para criança

Animação nem sempre é para criança, e sabemos que isso não é de hoje. Depois da polêmica que surgiu em torno do filme “Festa da Salsicha”, uma animação exclusivamente para adultos, resolvi trazer duas dicas minhas, como mãe,  que são praticadas aqui em casa, e que ajudam a nos proteger um pouco de conteúdos inapropriados.

Eu como mãe, também me preocupei e muito quando vi sobre esse filme. O canal de exibição não é infantil, mas uma criança que tem acesso ao controle remoto sem supervisão pode acabar caindo nessa programação e se deparar com cenas 100% adultas. Por isso, desde sempre eu tenho esses hábitos, antes mesmo de ser mãe do Filipe, isso começou com o meu enteado.

Classificação Indicativa: é lei, e ela existe justamente para nos dar uma noção do conteúdo, por isso ela não deve ser ignorada. Nosso discernimento faz toda diferença ao escolher e permitir algum conteúdo para o filho. Crianças na idade do meu {atualmente 05 anos}, por exemplo, não tem maturidade para decidir sozinho o que quer assistir, então, faz parte da minha função em sua educação ter essa atenção.

Confira a tabela de classificação e o que ela diz:

Configuração de classificação indicativa em TV a cabo: você sabia que pode bloquear a programação de acordo com a idade? Depois que configurar, somente a pessoa que tem a senha poderá liberar para assistir, então, essa é mais uma maneira de se proteger. Como a polemica do filme da Salsicha surgiu por ser veiculada a tarde, em uma canal de filme da TV por assinatura, corre agora para configurar sua TV.

Na minha operadora é assim, então veja em “configuração” como fazer na sua. Se não encontrar, entre em contato com a sua operadora.

Se não tiver TV por assinatura, veja a possibilidade de bloquear os canais que as crianças não precisam ter acesso. 😉

Outra dica, e não tão menos importante é: sempre converse com seus filhos, instrua de acordo com aquilo que você concorda e acha que é bom para eles. Eles vão crescer e nem sempre estarão debaixo das nossas asas, e os ensinamentos que vêm de casa, seguirão com eles para sempre. Eu acredito que nisso!!

 

Sobre a polêmica do filme “Festa da Salsicha”, eu não fui a fundo, mas um único vídeo que recebi no whatsapp foi suficiente para entender. Para quem não viu, é uma animação que parece inofensiva, mas contém cenas de SEXO GRUPAL e de variadas maneiras – com classificação 16+, mas na minha humilde opinião, ele deveria ser 18+.

Como podem ver na imagem, foi divulgada como “uma animação que não é para crianças”. Nossas crianças não saberão disso, mas nós sim!

Todo cuidado é pouco, e temos visto que, não podemos vacilar nem com a internet e nem com a TV, temos que nos atentar e filtrar tudo.

Beijos!

Lívia